Diferenças entre APLV e Intolerância à Lactose

Aqui vamos explicar várias diferenças entre a Alergia a Proteína do Leite de Vaca (APLV) e a Intolerância à Lactose (IL) que fazem confusão em muitas pessoas e podem prejudicar a saúde do alérgico.

Alergia ao Leite de Vaca – APLV

Sobre

É uma reação alérgica. O sistema imunológico não reconhece as proteínas do leite de vaca e as “ataca”, causando reações desagradáveis.

Afetados

É muito comum em bebês e crianças de até dois anos. Adultos pode ter APLV, mas é raro.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através da exclusão do leite de vaca na dieta do alérgico e da mãe (se amamenta), observa o paciente e depois reintroduz o leite de vaca. Há exames, porém antes dos dois anos de idade as chances de falso negativo são altas, e para reações tardias sempre haverá a chance do exame ser falso negativo. A clínica (os sintomas) sempre prevalece! Para maiores informações sobre o diagnóstico acesse AQUI.

Amamentação

A mãe pode continuar amamentando se fizer a dieta com o filho. O leite materno é essencial para o APLV!

Sintomas

  • Respiratórios – asma, chiado, ronco, rinite, sinosite, etc.
  • Cutâneos – dermatites, urticárias, descaação, bolhas, pele grossa, assaduras, etc.
  • Gastrointestinais – vômitos, refluxo, refluxo oculto, diarréia, fezes com muco, fezes esverdeadas, fezes explosivas, sangue nas fezes, etc.
  • Outros – sono agitado, edema de glote, anafilaxia, etc.

 

Intolerância a Lactose

Sobre

É um problema no intestino delgado. A falta da enzima lactase, que é a enzima que digere o açúcar do leite de vaca, causa os sintomas desagradáveis da Intolerância à Lactose.

Afetados

Em sua maioria são os adultos e idosos. Com o passar dos anos e a exposição diária ao leite de vaca há a tendência em desenvolver a Intolerância à Lactose.

Diagnóstico

Pode-se solicitar alguns exames, porém a clínica geralmente dá o diagnóstico. Retira a lactose da dieta (não ingerir produtos lácteos, ou ingerir produtos zero lactose) e observa se há melhoras. E ao reintroduzir, observa se os sintomas voltam.

Amamentação

É importante deixar claro que a Intolerância à Lactose é muito rara em bebês. A maioria dos bebês são erroneamente diagnostificados intolerantes à lactose, quando na verdade são APLV. Por isso a mãe pode amamentar, mas deve fazer a dieta com a criança. O leite materno é essencial!

Sintomas

  • Gastrointestinais – diarréia, cólicas, flatulências, dor abdominal, barriga estufada, enjoos. Ocorrem minutos ou horas depois da ingestão do alimento com lactose.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Diferenças entre APLV e Intolerância à Lactose

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s