Como fazer a Dieta de Exclusão do Leite de Vaca com controle rígido de Traços

Para quem é alérgico ao leite de vaca, precisa saber que para a dieta de exclusão do leite de vaca, apenas retirar leite e derivados não é o suficiente! É preciso tomar muito cuidado com os traços.

Imagine os traços como gotas de água, e o corpinho do seu filho como um balde vazio. A cada traço consumido é uma gotinha que cai no balde. Chega um momento em que esse balde estará prestes a transbordar de tantas e tantas gotinhas que caíram nele.

Por isso os traços podem não fazer mal agora, mas eles estão acumulados no corpinho do seu filho e precisam ser levados a sério, principalmente para os bebês novinhos (menores de um ano) e que estão reagindo ao LV.

Eu sei que é difícil levar traços a sério, eles são invisíveis e é difícil acreditar em algo que não se vê. Mas saiba que deixar de acreditar neles não os tornará “falsos”, rss. Eu mesma só levei os traços a sério quando com duas semanas de dieta (sem leite de vaca, derivados e industrializados que contenham leite de vaca) meu filho teve uma leve melhora, mas foi voltando as reações aos poucos.

Por isso vou vos contar tudo o que sei para eliminar os traços de sua casa e da vida de seu filho!

LIMPEZA NA COZINHA

Limpe os Utensílios

Todos os utensílios de plástico, madeira e teflon DEVEM ser jogados fora. Não adianta lavar, esfregar, jogar água sanitária, ferver… Nada disso serve pois estamos lidando com proteínas, e proteínas (diferentemente dos gérmes) nunca morrem.

Todos os utensílios de vidro e INOX devem ser lavados 3x (três vezes) com bucha de aço, trocando a bucha de aço a cada nova lavada e a cada novo item. O copo do liquidificador, o pote da batedeira, etc. Todos precisam ser aposentados, ou então compre apenas o copo do liquidificador na Autorizada ou nos Camelôs da vida.

Jogue fora alimentos antigos

Os alimentos que estavam em recipientes precisam ser jogados fora. Por exemplo, aquele açúcar no centro da mesa onde cada um se serve, ou a farinha de trigo no pote acima do armário, que é pego com o medidor, neste caso tanto o medidor quanto o pote contém traços por terem sido lavados com esponja compartilhada.

Resumindo: todos os alimentos que estão fora de suas embalagens originais, ou que mesmo nas embalagens originais, foram pegos com uma colher ou algum medidor antes do início da dieta, é preciso que sejam descartados, pois estes CONTÉM TRAÇOS.

Tenha seu canto sagrado

Tenha o seu pano de prato, a sua esponja, o seu sabão de lavar louças, a sua pia. Se não tiver como ter sua pia, lave na pia de lavar roupas ou no banheiro. Jamais deixe seus utensílios na pia comum, pois haverá contaminação sem querer.

A dica é, se apenas você e seu filho fizerem a dieta, deixar os utensílios de vocês em uma caixa, dentro do guarda-roupas. Você os leva para a cozinha apenas quando usar, e depois os guarda de novo. Assim evita contaminações “sem querer”.

Na geladeira, escolha a primeira e mais alta prateleira para ser a sua, assim evitam os acidentes de respingos de “suor” da embalagem de queijo, etc. Sempre deixe seus alimentos fechados em potes de vidro, ou amarrados em sacos plásticos (de confiança, por isso compre sacos plásticos, não confie nos de super mercado, você nem se lembra o que estava dentro dele!).

Lave o forno e o microondas!

MARCAS DE PRODUTOS

Na dúvida, não use!

Esse é o mantra (além do “Vai passar!”, rss). Se está na dúvida, não use! NÃO CONFIE EM RÓTULOS! Infelizmente nosso país ainda não obriga a rotulagem correta dos alimentos, por isso a grande maioria das empresas não rotulam corretamente e não informam traços.

Desconfie de todos os produtos! Não faça sua dieta e seu trabalho todo ir água abaixo por causa de um produto “inocente”. Investigue se aquele Sal, Óleo de cozinha, Tempero da feirinha, etc, são isentos de traços.

Como falar ao SAC

É importante passar para eles a seriedade do assunto. A maioria confunde APLV com intolerância ao leite de vaca, e são totalmente diferentes. Então deixe claro que você quer saber sobre as PROTEÍNAS do leite de vaca (caseína, lactoalbumina, etc).

Os produtos que compartilham maquinário com outros produtos que contenham leite em sua composição (mesmo que esses maquinários sejam higienizados, a higienização deles não serve para nós pois eles não esfregam, apenas jogam produtos químicos) são os produtos que CONTÉM TRAÇOS de leite, por isso não podem ser utilizados.

“Olá! Eu sou mãe de um alérgico ao leite de vaca, e gostaria de saber se o produto X de vocês contém maquinário compartilhado (mesmo que higienizado) com outros alimentos que contenham leite ou traços de leite! Deixando claro que estou falando a respeito das proteínas do leite de vaca!”

Se mesmo com a resposta você ficar na dúvida, insista! “Você tem certeza que meu filho pode consumir isso? Ele é alérgico, se tiver uma única proteína ele vai passar mal!”. Muitos SAC não estão capacitados para responderem sobre traços nos alimentos, e dão respostas que acham “mais legais”, por isso na dúvida, vá em um grupo de mãe de alérgicos e pergunte!

Eu mesma já tive a infelicidade de ligar em SAC, ser informada de ser limpo (e ser taxada de burra pela atendente) e meu filho reagir.

Traços em Cosméticos

Os traços também fazem mal nos cosméticos! Quando a mamãe usa um creme hidratante, um desodorante, esmalte ou condicionador que contenha leite ou traços de leite, dependendo do grau da alergia, o filho terá reações. Como estamos falando da estabilidade (eliminação de todos os sintomas) os traços pesam nesse momento, pois o “balde” já está cheio, portanto esse cuidado deve ser tomado, principalmente se for um cosmético que entrará em contato direto com a criança!

DICAS DE MÃE DE ALÉRGICO

Diário Alimentar

Além da dieta e o controle dos traços, é importante ter um Diário Alimentar. Nele você anotará tudo o que você e seu filho comeram (incluindo as marcas), quais cosméticos usaram, as reações do seu filho e os possíveis contatos com os traços (uma tia que o beijou após comer um chocolate, etc).
Assim, se surgirem reações novas ou se persistirem por muito tempo, você saberá com maior facilidade o que pode ter sido!

Quando for sair…

Leve sempre sua marmita e a do seu filho, se ele já comer. Não passe fome jamais. Ter restrição alimentar não é sinônimo de passar fome!
Faça um bolo de chocolate (com 2 Frades Nestlé), um estrogonofe (com leite de coco), um sanduíche (Hellmans), bolachas limpas (LIANE e NINFA, porém Ninfa contém traços de ovos e ambas contém lecitina de soja), etc.

Não passe fome!

Passar fome lhe fará furar a dieta, por isso sempre tenha sua marmita ao lado (nem que seja uma maçã, para eventos rápidos). Até mesmo em casa, sempre inove e faça novas receitas. Não se permita passar vontade!
Assim que notar que sua comida está acabando, vá fazer outra e congele o resto da que sobrou para eventos futuros onde você estará faminta e sem tempo para cozinhar algo.

Esqueça o sabor do LV

Essa dica é essencial e ninguém me falou isso quando entrei nesse “mundo”; pare de procurar sabor de leite de vaca em receitas SEM leite de vaca. É bem óbvio, mas estamos tão presas ao LV que ficamos com isso na cabeça.

Muitas mamães reclamam que não gostaram do brigadeiro de leite de coco por ter gosto de coco. Mas é feito de leite de coco! rss.

O Mandioqueijo é ótimo para enfeitar e dar um sabor gostoso aos pratos quentes, pizzas, tortas salgadas, etc, mas ele é feito de mandioca, por isso NÃO tem gosto de queijo de LV.

Grupos de Apoio

Procure grupos de apoio, existem ótimos grupos no Facebook, abaixo deixo os que participo:

MFAL – Meu Filho é Alérgico a Leite
Meu filho tem APLV – Alergia a Proteína do Leite de Vaca
APLV no Peito

Deixe que pensem e falem

Não deixe que toquem seu filho sensibilizado sem lavar as mãos e a boca antes! As pessoas que não conhecem alergia alimentar (a maioria) irão lhe julgar, lhe chamar de neurótica, de exagerada, de doida, e tudo o mais.

Lembre-se que é por um bem maior, é pelo seu filho e pela saúde dele! Deixe que pensem e falem, nada disso irá mudar sua motivação e determinação, nada disso irá pagar suas contas e curar seu filho.

Os que realmente querem ajudar irão respeitar sua decisão, e se estão achando ruim ter que lavar a mão para pegar no bebê, diga para eles o quanto é horrível toda a restrição que vocês tem!

IMPORTANTE!

Para APLV com sintomas gastrointestinais há 60% de chance de serem alérgicos a soja também. Por isso, mate dois coelhos com uma cajadada, e ao iniciar a dieta do leite de vaca, inclua a soja na sua exclusão!

Este texto foi feito com muito carinho pela mamãe Angélica Azambuja, para todas as mamães de alérgicos. Demandou tempo e dedicação, por isso se quiser compartilhar esse texto, repasse o link dessa página Meu Mundo APLV, ao invés de copiar o texto. Todos os direitos reservados!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s